quarta-feira, 13 de dezembro de 2006

O primeiro


Já há muito tempo que quero criar um blog. Acho que as minhas opiniões são suficientemente interessantes para que as pessoas as possam ler. Por outro lado correm-me no sangue glóbulos jornalisticos, fruto das ambições de menina e agora praticamente concretizadas com o finalizar da licenciatura em Ciências da Comunicação. Mas não julguem que pretendo apenas informar. A única coisa em que o jornalismo não me completa e me faz procurar outros caminhos é a minha enorme vontade de criar, imaginar, inventar. Gosto de contar histórias, criar personagens, imaginar cenários na minha mente. Para tudo isto servirá este blog... Aparecerão aqui crónicas, opiniões, sonhos, fantasias, criticas, criações... Tudo! Até um Querido diário de vez em quando se para aí me virar.


Residência fixa nas nuvens porque esta é uma das expressões que mais usei na minha vida: "Quem me dera viver nas nuvens, ter lá residência fixa..." ou em Sunset Boulevard porque de certa forma o sonho do cinema leva-me às nuvens e (talvez não) uma vez lá chegando nunca mais vou querer regressar. Comentem, critiquem, protestam, façam o que vos apetecer. Vivemos num paradigma em que a opinião de cada um vale, desde que os próprios lhe atribuam valor. Façam-se ouvir, eu farei o mesmo.

3 comentários:

cátia disse...

Que os teus sonhos se concretizem e que faças valer essa enorme vontade que te invade.
são os votos de quem te adora e sempre acreditou em ti...!

Carlos Donas disse...

a cátia sempre acreditou em ti!!!!nunca te esqueças!!!!

Anónimo disse...

não sei porquê, mas porque sim. eu minto e desminto num olhar, mesmo que não olhes pra mim, eu minto e volto a mentir. porrrrrquê? -não digo, ou porque sei que por mais longe que eu esteja do teu olhar, eu estarei a ver, e volto a mentir. tu és especial não tens de perguntar porquê, mas a resposta, é porque sim. porque vives e guardas o melhor pra ti e não queres deixar o mundo sem saber o sabor do que guardaste aqui.